Estado e Prefeitura de Morretes estimulam produção de mel através de capacitação
22/11/2022 - 14:26

O Estado do Paraná através do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) em parceria com o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CEDES) e a Prefeitura de Morretes está estimulando a criação de abelhas nativas sem ferrão no Litoral para transformar o município em um polo de melicultura.

O Tecpar é responsável pela coordenação e ministração de cursos para comunidades sobre os princípios da agroecologia e no manejo das abelhas nativas sem ferrão, com orientações sobre o manejo básico e avançado da meliponicultura, atividade que permite criações de colmeias produtivas em caixas racionais, simples e baratas que facilitam o manejo das colmeias.

Neste mês agricultores familiares e agroflorestais da cidade participaram da primeira aula do curso prático em uma propriedade onde já existem 10 caixas de abelha sem ferrão da espécie mandaçaia. Ao todo são 73 alunos, divididos em quatro turmas, participando da capacitação nas próximas semanas.

O projeto visa incrementar a renda de agricultores familiares fortalecendo o desenvolvimento regional, por meio da implantação de meliponários e promoção da rede produtiva para própolis com caixas racionais e colmeias. A iniciativa conta com o apoio da Superintendência Geral de Desenvolvimento Econômico e Social (SGDES), da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, da Universidade Federal do Paraná e do Sebrae-PR.

“Reforçamos nosso apoio a esta iniciativa tão promissora e que alcança de maneira tão especial os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030 em nosso Estado. É motivo de orgulho para nós vermos a preocupação com a educação, com a valorização dos produtores que mais precisam de atenção, além do enorme benefício para este bioma tão importante que é a Mata Atlântica”, afirma Keli Guimarães, superintendente-geral da SGDES e vice-presidente do CEDES.

O secretário municipal da Agricultura de Morretes, Gustavo Kemmer, destaca que o projeto é uma proposta de desenvolvimento regional sustentável que apoia as iniciativas do Governo do Estado que buscam alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O projeto é coordenado pelo diretor de Desenvolvimento Sustentável, Tiago Tischer.

“A prefeitura de Morretes vem buscando conscientizar a população sobre a importância e benefícios dos serviços ecossistêmicos ao reintroduzir os polinizadores em suas áreas naturais gerando renda para os agricultores familiares”, diz Kemmer.

Fonte: AEN